• 123
  • 0

Você sente fome exagerada entre as refeições? Suas roupas comuns passaram a não caber mais em você e os números maiores também não cabem? Está sem fôlego para fazer pequenas atividades? Sua pressão fica alta de repente? Está suando excessivamente e sentindo as pernas pesadas?

Se a sua resposta foi sim para todas as perguntas você deve considerar procurar ajuda médica para verificar se está com obesidade e qual nível. Para muitas pessoas é “normal” estar acima do peso, entretanto, esse acúmulo de gordura no organismo é altamente prejudicial a saúde, podendo levar a morte.

O excesso de peso pode causar várias doenças respiratórias e cardiovasculares, diabetes tipo 2, depressão e até câncer. Mas não precisa se desesperar! Estamos juntos nessa missão para buscar uma nova vida.

Calcule o seu Índice de Massa Corporal (IMC), mas não só ele

O diagnóstico inicial da obesidade é feito pelo cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), É um cálculo simples que relaciona o peso e a altura de cada pessoa. O resultado é um número pelo qual pode-se diagnosticar o sobrepeso ou não. O cálculo do IMC deve ser feito usando a fórmula peso ÷ altura x altura. O resultado mostrará se o IMC do paciente está incluso na tabela de obesidade.

Peso normal – IMC : 18,5 – 24,9
Sobrepeso – IMC: maior ou igual a 25
Pré-obeso – IMC: 25,0 a 29,9
Obeso I- IMC: 30,0 a 34,9
Obeso II – IMC: 35,0 a 39,9
Obeso III – IMC: maior ou igual a 40

Exames complementares, como a bioimpedância que avalia a densidade corporal, auxiliam no diagnóstico preciso do tipo de obesidade e até mesmo um check-up para verificar todo o organismo.

Descobrindo as causas da obesidade

É imprescindível para o tratamento da obesidade, seja clínico ou cirúrgico, uma equipe médica multidisciplinar. Inicialmente, o paciente deve procurar um endocrinologista para verificar se o seu excesso de peso está associado com alguma disfunção hormonal. Não existe uma causa específica para a obesidade, mas o mal hábito alimentar e possíveis disfunções hormonais são as mais comuns. O endocrinologista irá investigar e avaliar as causas para o aumento de peso e os riscos para a saúde. O médico orientará a respeito dos males causados pela doença, solicitará exames para verificar como está o seu estado físico. Ele também avaliará a necessidade de procedimentos cirúrgico.

Mudança de hábito

Após o diagnóstico inicial da obesidade pelo endocrinologista, o paciente deve procurar um nutricionista, que fará o diagnóstico nutricional, avaliando as carências e excessos alimentares do paciente. A partir da consulta e resultados de exames como a bioimpedância, ele irá desenvolver um plano alimentar de acordo com o metabolismo e necessidades do paciente. O nutricionista também avalia intolerâncias e transtornos alimentares.

O psicólogo ajudará o paciente obeso nas questões afetivas e sociais, auxiliando na mudança dos hábitos e, principalmente, o profissional ajudará o paciente a lidar com a comida de uma nova maneira. Isso porque fatores psicológicos como ansiedade e estresse são gatilhos para comer sem controle.

Consultados endocrinologista, nutricionista e psicólogo é hora de praticar atividade física! Mas atenção, dependendo do tipo da obesidade diagnosticada é preciso ficar atento ao tipo de exercício, por isso é importante fazer tudo com orientação médica. É de suma importância procurar um educador físico que possa dar suporte e tirar todas as suas dúvidas, orientando a realizar as atividades condizentes com o seu limite. A partir disso, ele orientará a atividade mais adequada.

Quando considerar a cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica só será indicada por um cirurgião bariátrico após constatada que todas as formas de emagrecimento convencionais não surtiram efeito, ou quando o peso está causando graves riscos para a saúde do paciente. Para realizar a cirurgia, é importante que o paciente enquadre-se nas indicações do Conselho Federal de Medicina. Procure seu médico para saber as principais indicações.

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *