• 646
  • 0

Muitas são as causas que podem levar a pessoa a ficar obesa, entre elas destacam-se maus hábitos alimentares e sedentarismo, Quando o estágio da doença atinge o ápice, a chamada obesidade mórbida, é hora de se preocupar de verdade e buscar ajuda médica o quanto antes, caso não, os riscos podem levar a morte. Entenda os motivos.

Reconheça as causas do problema

Exagero de alimentos calóricos – consumo de muito sal, açúcar e gorduras

  • Sedentarismo – não fazer atividades físicas facilita o ganho de peso
  • Disfunções hormonais – nas mulheres, associado a síndrome do ovário policístico
  • Compulsão alimentar – causada por fatores emocionais
  • Genética – caso um dos pais tenha a doença, o filho pode ter predisposição

Compreenda a gravidade

Quando o paciente apresenta Índice de Massa Corporal Igual ou acima de 40, está na faixa de obesidade mórbida, a mais grave. Nessa fase da doença, o corpo está com um nível de gordura excessivo em seu organismo, o que acaba diminuindo a expectativa de vida do obeso, colocando sua vida obeso em risco.

Busque ajuda para se curar

Dependendo do caso de cada paciente, recomenda-se tentar um método de emagrecimento convencional, com reeducação alimentar e exercícios – orientados por uma equipe de nutricionista, endocrinologista, psicólogo e educador físico -, que pode durar até dois anos. Isso porque a cirurgia bariátrica só é indicada em casos graves ou em que haja risco de vida do paciente, Se nesse período não houver perda de peso relevante, é recomendado buscar auxílio de um cirurgião bariátrico e realizar o procedimento de acordo com a necessidade.

Reeduque-se enquanto é tempo

Em casos relacionados a alimentação, o melhor remédio é sempre a prevenção. Busque fazer uma reeducação alimentar com auxílio de um nutricionista, consuma mais frutas, verduras e carnes magras, evitando as guloseimas refinadas e com açúcar. Fora isso, adquira uma rotina de exercícios, no seu ritmo e com acompanhamento de um profissional de educação física.

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *